domingo, 18 de janeiro de 2009

O suicídio

No passado dia 17 e segundo constava no local um jovem de 26 anos suicidou-se na Mealhada jogando-se para a frente do combóio Intercidades.
Não se sabe qual ou quais as razões que leva(m) um jovem desta idade a suicidar-se de forma tão violenta, pois o seu corpo ficou totalmente desfeito pelo embate.
Para uns, a cobardia é que leva ao suicídio, para outros é preciso ter muita coragem para o fazer.
Não sou nem a favor de uns nem de outros, mas também não sou contra, porque só quem estiver a passar pelo que esse jovem estava nesse momento e só entrando no seu cérebro para descobrir tal ou tais razões, poderia compreender ou criticar tal atitude.
A única coisa que aqui deixo é este apontamento e um oração pelo jovem, para além da minha homenagem aos Bombeiros pela ingrata função que tiveram de apanhar os restos mortais deste corpo.
Deixo também os meus sentidos pêsames aos familiares desse jovem, que desta maneira quis terminar a sua caminhada na Terra.
Normalmente os mais "racionais" dizem depois destes actos: há sempre uma solução...
Mas antes de o acto ser levado a cabo nada fizeram para o evitar!

P.S. Aceitando a sugestão do comentador deste Post Frederico apaguei as fotografias que ilustravam o apontamento. Penso, tal como ele, e depois de reflectir bem, que bastam as palavras para se ter uma ideia da violência de tal morte, que as fotografias ainda tornavam mais violenta. Espero que o Frederico volte a visitar este Blog para me dar a sua opinião de novo.

1 comentário:

Frederico disse...

queres homenagear o rapaz e metes uma foto da mao dele para toda a gente ver... sinceramente acho que palavras bastam para as pessoas terem uma ideia do que acontece quando se é atingido por um comboio a 190km/h ... mostrar Pedaços do corpo do rapaz é que não.