sábado, 25 de setembro de 2010

Um adeus ou um até breve...

Lá ao fundo a Antes, minha terra natal

Com este Post deixo a minha despedida à terra que um dia me viu nascer. A partir do próximo dia 1 de Outubro irei ausentar-me por tempo indeterminado, seguindo meu sonho de fazer uma Licenciatura em Ciências do Ambiente e sinceramente não sei quando voltarei. Pelo menos com carácter de regresso definitivo. Voltarei de certo de vez em quando para visitar meus filhos enquanto eles se mantiverem por aqui (até ao fim do ano lectivo), mas serão visitas breves e periódicas.
Para aqui viver de certo nunca mais. Regressei em 2001 depois de alguns (bastantes anos) de ausência, primeiro em Angola e depois em Leiria e sinceramente estou arrependido de o ter feito. Salvo raras excepções as pessoas continuam a ser o que sempre foram: cínicas e alcoviteiras, em que a vida dos outros lhes interessa mais que a própria vida de merda que têm em casa.
Não quero deixar de agradecer o apoio que sempre aqui tive por parte de algumas pessoas, nomeadamente do Presidente da Junta de Freguesia, Benjamim de Almeida, da Engenheira Arminda Martins e marido Engenheiro António Mesquita.
É num misto de saudade e de alívio que deixo de novo a minha terra Natal, que me despeço da lagoa do Sume a que eu sempre chamei "o meu pequeno paraíso" e só espero que as obras que ali vão ser feitas tornem o local mais bonito mas não destruam a biodiversidade do local. Fotografei e dei a conhecer o Sume através dos diversos sites onde tenho fotografias, e sempre que o puder fazer, irei por ali passar para o fotografar, mas nunca mais como o fiz. Serei apenas mais uma visita.
E se um dia regressar definitivamente será de certo para ser sepultado no cemitério das Ferrugens e nunca de livre vontade.
Adeus minha terra... adeus Antes!

1 comentário:

Chris disse...

Que vás a caminho da felicidade e da tua realização pessoal.
Espero por um novo espaço, um novo blog.
Gostei sempre do que li e do que vi.
Beijinho, amigo!