terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Apontamento para desopilar

Das coisas que mais me aborrece é ter um problema no funcionamento de qualquer coisa. E já não é a primeira vez que quando ligo a internet esta não funciona, por uma razão qualquer. Depois lá ligo para a assistência técnica da Sapo que como toda a gente sabe demora uma imensidade de tempo a atender, e nos dá aqueles números todos de opções, e quando finalmente chegamos ao sítio certo fica para ali minutos e minutos a dar música (horrível diga-se) até que finalmente alguém nos atende.
Depois de lhe explicarmos qual é o nosso problema, pergunta-nos tudo e mais alguma coisa, desde o nome ao número do telefone, pois a rede 707 é a pagar e bem, e eles estão a ganhar, quando finalmente resolvem perguntar-nos de novo qual é o problema, apesar de já lho termos dito.
Quando pensamos que nos vão esclarecer, a senhora (neste caso foi uma senhora) que nos atendeu informa-nos que antes de nos direccionar para a informação que queríamos, nos vai "apresentar algumas das soluções"... Começo a esfregar as mãos de contente (já estou há mais de 7 minutos à espera) e com os cabelos em pé, pois preciso de ligar a internet e não consigo, por finalmente me ser dada a informação que para ali me fez ligar, e para a qual estou a pagar períodos no telefone, quando a desilusão chega e então sem aguentar mais expludo de raiva... Então não é que a senhora (que até fala mal português que se farta, deduzo que seja brasileira) me vem falar nas vantagens de ter o MEO. Bolas para isto, é de por os nervos em franja. Mas eu quero lá saber do MEO para alguma coisa, eu quero é saber qual o problema da internet e que para poder usufruir deste serviço pago a minha mensalidade. O MEO que se lixe.
Conclusão: não fui esclarecido, paguei não sei quanto no telefonema (quando vier a factura verificarei) e continuei sem internet. Desliguei o telefone, desliguei o computador e fui dar uma volta para tentar acalmar "os cavalos" pois nada consegui que me esclarecesse. Voltei passado mais ou menos uma hora, volto a ligar a internet e já funciona...felizmente. E aqui estou para deixar este apontamento, fruto do mau atendimento a que fui sujeito. Eu sei que ninguém vai ligar nenhuma ao que eu escrevo, mas pelo menos desopilo!

ACTUALIZAÇÃO DESTE APONTAMENTO
Data de actualização: 24 de Fevereiro de 2010.

Em 19 de Fevereiro último ligo para o serviço de apoio a cliente da PT Comunicações, que "automaticamente" me atende, e depois de ter que marcar várias opções (no meu caso seria sobre a internet) lá vou parar a um número em que me atende uma senhora (brasileira de novo. Pela voz parecia-me a mesma pessoa que refiro no apontamento anterior) a quem solicito a informação do que deverei fazer para solicitar a desactivação do meu serviço de internet, uma vez que como formando do programa e-oportunidades tenho internet móvel a que "obrigatoriamente" tive que aderir (e que estou bem servido pela Kanguru, diga-se) e mão tenho necessidade nem possibilidades económicas para pagar dois serviços de internet. Pois a referida senhora em vez de me esclarecer devidamente tenta uma vez mais "impingir-me" o MEO, a que eu um pouco rispidamente tive que recusar, pois o motivo que ali me levou era outro. Então a tal senhora lá me dá o endereço para onde devo dirigir o pedido por escrito. Assim faço uma carta, a que anexo fotocópia do BI e envio por correio registado para o tal endereço que me foi indicado, no Porto.
Qual não é a minha surpresa quando ontem, dia 23, me contactam do serviço de Apoio a Clientes, uma vez que tinha pedido informação por mail também, a perguntarem-me de novo "...o que eu queria, e porque em vez de desligar a internet, não aderia também ao serviço de televisão, e mais isto e mais aquilo, etc., etc,". De novo recusei e esclareci o senhor que me ligou que eu só quero desligar a internet pelas razões seguintes - indiquei quais as razões - e então o senhor informa-me que devo fazer o pedido por escrito e enviá-lo para o endereço que me indica para Lisboa. Bolas, então perdi tempo e dinheiro a enviar o pedido para o Porto e afinal é para Lisboa... Vá-se lá entender estes serviços modernos (ou melhor, estas pessoas que são pagas para informar, mas a quem são pagos valores se conseguirem vender outros serviços, e que não esclarecem devidamente os clientes tão obcecadas estão pela venda de serviços que lhes rende valores extra.).
Uma vez mais sei que ninguém vai ligar a isto, mas pelo menos desopilei...

3 comentários:

Carlos Rio disse...

Foi por isso que os mandei dar uma volta ao bilhar grande...
Gastei fortunas e horas de espera, só numa chamada estive 2h45m.
Cheguei a fazer a chamada em 2 telefones em simultâneo para ver em qual das chamadas era atendido em primeiro lugar. E o engraçado, é que a chamada é atendida de imediato, ou seja, passa a contar imediatamente e fiquei horas, sempre a contar à espera. Ganham fortunas com esta técnica.
Foi por isso que os mandei dar uma volta ao bilhar grande...

António Gallobar disse...

Olá amigo João

Todos temos experiencias dessas umas mais bizarras que outras, é incrivel como ninguem vê o que estas empresas fazem aos clientes, é por isso que sou contra concentrações e monopolios. Relativamente ao Meo ou mesmo Tv Cabo o melhor é nem falar, para deixar de se subscrever tem que se mandar tudo registadinho caso contrario continuam sempre a facturar.

Grande abraço

Zé Paulo disse...

Olá João,
estou há 15 dias à espera de resposta da SAPO a três emails que para eles enviei. Nem se dignaram a responder, nada. Resultado: estou neste em processo de adesão à Clix (já enviei a documentação necessária), com cancelamento da conta SAPO e das chamadas PT. A Sapo criou as "Zonas Sapo", muito mais baratas, mas ninguém me soube responder até hoje o que são e como são seleccionadas, nem mesmo a Sapo. A decisão por vezes tem de ser radical. Off record na PT onde resido, lá me foram dizendo que têm a ver com a concorrência....
Votos de um Excelente 2010.