sexta-feira, 14 de maio de 2010

O "milagre" do 13 de Maio de 2010


DIGO EU: Não fui ver o Papa, nem a Lisboa, nem a Fátima e nem ao Porto... Mas sou daqueles que juntamente com milhares (milhões) de Portugueses vou ser contemplado com o "milagre" que o nosso Governo nos presenteou neste 13 de Maio de 2010. Enquanto Sua Santidade rezava em Fátima, o Senhor Primeiro Ministro e o seu Governo, com o apoio do "menino" Passos Coelho ofereciam-nos essa prenda que foi aumentar todos os impostos. Assim já nem a Fátima poderemos ir a pão e água, porque estes bens de primeira necessidade e todos os outros vão ficar mais caros brevemente (até a Coca-Cola). Isto é, depois do Governo ter dado os tais 2.ooo.ooo.ooo de euros para ajudar a Grécia a sair da crise e a que eu me refiro no Post anterior, vem o mesmo governo presentear-nos com esta medida, que afinal até é boa, é preciso é encontrarmos o ponto de vista certo: assim não precisamos de tantas dietas em Portugal para emagrecer, o Governo tira-nos o pão da boca. O Dr. Fernando Póvoas que se cuide pois o Senhor Engenheiro consegue fazer emagrecer mais portugueses que ele tem feito, inclusivamente vai fazê-lo emagrecer a ele também.
Mas baixar os vencimentos dos políticos, ui, ui, isso não, só uns tostões (de tão boa memória), só simbólico, porque esses são intocáveis e até vão sofrer com os aumentos agora também..., segundo a opinião do Sr. Ministro das Finanças. O que é preciso é termos ministros que para além de fazerem parte de um governo que faz milagres em 13 de Maio, ainda nos dá "baile" e nos faz rir...ou melhor, nos faz chorar de raiva por sermos impotentes perante tamanha falta de sensibilidade.
Eu não queria dizer estas coisas, mas como o Passos Coelho, peço desculpa aos Portugueses...mas tenho que dizer!

1 comentário:

Chris disse...

Sempre com humor!
Que bela historia para ilustrar uma imagem muito engraçada.
Muita imaginação! parabéns!